Cotidiano

Problema no ar-condicionado faz Hospital Universitário suspender cirurgias

Manutenção foi feita, mas vigilância sanitária terá que fazer vistoria

Wendy Tonhati Publicado em 03/11/2015, às 16h04

None
hu_0_0.jpg

Manutenção foi feita, mas vigilância sanitária terá que fazer vistoria

Um problema no ar-condicionado do centro cirúrgico fez o HU (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian) suspender as cirurgias eletivas. Uma denúncia chegou ao Jornal Midiamax nesta terça-feira (3) e foi relatado que além da suspensão das cirurgias, também não estariam sendo realizados exames por conta da falta da reagentes. 

De acordo com o hospital, a paralisação aconteceu pois o gás do ar-condicionado estava no fim e o aparelho não estava rendendo como deveria. Houve uma força tarefa da manutenção do Hospital Maria Aparecida Pedrossian e o gás do ar condicionado já foi trocado. Embora já tenha sido executada a manutenção, as cirurgias só vão voltar a normalidade após a vistoria de Visa (Vigilância Sanitária). 

Durante o fim de semana, as cirurgias emergenciais foram realizadas normalmente e nesta terça-feira (3), a Visa será comunicada de que o procedimento já foi feito. 

Quanto aos exames que utilizam regentes, o hospital informou que estão sendo realizados nos pacientes internados no hospital normalmente. “Seguindo o protocolo, já está em andamento uma licitação para a compra de mais reagentes, o que deve finalizar em 15 dias, voltando o produto novamente ao estoque”, diz a nota. 

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax