Ponta Porã comemora 103 anos com obras e shows regionais

Geraldo Espíndola e Marcelo Loureiro sobem ao palco às 20h
| 18/07/2015
- 19:12
Ponta Porã comemora 103 anos com obras e shows regionais

Geraldo Espíndola e Marcelo Loureiro sobem ao palco às 20h

As comemorações do aniversário de 103 anos de emancipação (político-administrativa) de Ponta Porã, estão de vento em popa e seguem durante todo o sábado (18), com infinitas programações e até lançamentos de obras.

Os artistas Geraldo Espíndola e Marcelo Loureiro sobem ao palco do Centro Internacional de Convenções para apresentar o projeto ‘Saudações Pantaneiras’; assim como os regionais, outros artistas fazem parte da programação de aniversário. Os shows acontecem logo mais, as 20h.

Logo pela manhã, às 8h30, o prefeito Ludimar Novais, em discurso, fez um balanço das obras em execução e lançou demais projetos, como o quartel da Guarda Civil Municipal e o Centro de Educação Infantil Ancelmo Soares, no Bairro da Granja.

Ponta Porã é principal cidade da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai e a quinta mais populosa do Estado, com 85.421 habitantes.

Show Regional

O show é uma viagem por canções que ajudaram a construir o imaginário sobre a região do Pantanal, local que inspira tanto Geraldo a fazer músicas, como Marcelo a tocar inúmeros instrumentos.

Geraldo vai cantar músicas símbolos do Pantanal, como “Chalana” (Mário Zan/Arlindo Pinto), Kananciuê (Moacir Lacerda e João Luiz Bittencourt) e “Trem do Pantanal” (Paulo Simões/Geraldo Roca), e também irá interpretar sucessos de sua própria autoria, como “Quyquyho” e “Cunhataiporã”, canções que divulgam o Pantanal mundo afora.

Tudo contando com o auxílio luxuoso de Marcelo Loureiro, que escancara durante a apresentação a sua faceta multi-instrumental, tocando não só o seu conhecido violão “caliente”, mas a viola caipira de 10 cordas, o boliviano charango e a harpa paraguaia. Um encontro histórico de dois gênios da música brasileira.É este impulso criativo pelo Pantanal que vai permear todo o repertório do show.

O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Ponta Porã, com apoio cultural da Quyquyho Produção, Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, SECTEI-Secretaria Estadual de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação e Governo de Mato Grosso do Sul.

 

 

Veja também

Não cumprimento do prazo pode acarretar em cassação do alvará

Últimas notícias