Cotidiano

​ONG procura lar para cãozinho atacado por pitbulls no Tiradentes

Dívida de R$ 500 precisa ser quitada para animal ter alta

Padrão do site Publicado em 27/10/2015, às 13h18

None
(Foto: Reprodução / Facebook)

Dívida de R$ 500 precisa ser quitada para animal ter alta

A imagem de um cãozinho vira-lata, que foi atacado por dois pitbulls na última segunda-feira (22), está circulando nas redes sociais, na tentativa de que ele encontre um lar e alguém disposto a ajudar nas despesas do tratamento, que somam aproximadamente R$ 500. 

O cachorro foi socorrido por uma moradora do Bairro Tiradentes, com graves ferimentos. Ele foi encaminhado para um clínica veterinária em Campo Grande e com quatro dias de internação, o tratamento chegou ao fim nesta terça-feira (27). O problema é que o animal não pode deixar o local, pois, as despesas não foram pagas.

A ONG (Organização Não Governamental) Abrigo dos Bichos foi procurada pela moradora e está intermediando a situação com a clinica. Segundo informações da voluntária do abrigo, Maria Lúcia, esse tipo de resgate realizado por eles é comum, principalmente em situações que animais são atropelados.

“A nossa dívida com a clínica, com essa situação soma em torno de R$ 6 mil reais e só vem aumentando. Precisamos de pessoas com bom coração para ajudar". Na intenção de quitar as despesas, o abrigo realiza diversos eventos durante o ano, mas não são suficientes. 

O abrigo busca agora um lar para o cachorrinho, que não pode ficar na clínica, pois, ocupa lugar de outros animais que precisam. Para que o cachorro deixe o local é preciso arcar com as despesas, que aumentam com o passar dos dias, devido a diária. Interessados em em ajudar nos gastos e pela adoção de Guerreiro devem procurar a clínica onde ele está internado, pelo telefone (67) 3382-7356. 

Jornal Midiamax