Cotidiano

Moradores de bairro da Capital dizem que buraco impede estacionar dentro das garagens

Segundo os moradores, o buraco aumenta toda vez que chove em Campo Grande

Midiamax Publicado em 07/01/2015, às 12h29

None
img-20150106-wa0137.jpg

Segundo os moradores, o buraco aumenta toda vez que chove em Campo Grande

Moradores da Vila Nascente, ao lado do Parque dos Poderes, dizem que estão impedidos de estacionar seus carros dentro das garagens. Segundo eles, isto se deve a um grande buraco localizado em frente das casas, que foi formado pelas fortes chuvas que caem na Capital.

De acordo com o técnico em informática, Luiz Costa Souza, de 36 anos, a ‘cratera’ está localizada na Rua José Joaquim da Silva, próximo do número 721.

“Há meses a chuva cai e aumenta a cada dia o buraco. Não consigo estacionar o carro dentro de minha própria garagem”, reclama Luiz.

O morador ainda afirma que, no dia 24 de dezembro, um carro caiu no buraco e só conseguiu sair no outro dia. “Foi preciso vir um caminhão rebocá-lo, pois ele foi engolido”, ressalta.

Outro morador, José Carlos Machado, de 55 anos, conta que, há cerca de 4 meses, não há manutenção nas ruas do bairro. “Não vejo as máquinas passarem por aqui há meses, devem estar de férias”, esbraveja.

Por outro lado, a Prefeitura de Campo Grande informou que há um projeto para serem investidos mais de R$ 35 milhões no complexo Mato do Jacinto, que abrange a Vila Nascente.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, nessa região serão realizadas obras de drenagem com mais de 16 mil metros. Além disso, haverá mais de 28 quilômetros de pavimentação.

Há, ainda, outra etapa das obras em andamento, que cobre o Jardim Montevidéo e Novos Estados. Ademais, há a etapa que vai beneficiar os moradores da Vila do Polonês, orçada em R$ 9 milhões.

Jornal Midiamax