Cotidiano

Fiscais do Mapa suspendem greve temporariamente em todo o Brasil

Mais de 4 toneladas de mercadorias ficaram paradas em MS

Midiamax Publicado em 06/10/2015, às 13h03

None
download.jpg

Mais de 4 toneladas de mercadorias ficaram paradas em MS

A greve dos fiscais federais agropecuários, que já durou 19 dias, foi suspensa temporariamente na última segunda-feira (5), depois da divulgação do resultado final da assembleia realizada nacionalmente na sexta-feira (2). 

De acordo com a delegacia sindical de Mato Grosso do Sul, a categoria votou  pela manutenção do estado de mobilização devido à pauta administrativa que ainda é pleiteada junto ao Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e encontra-se pendente de resolução.

Na tarde da quinta-feira (1°), o MPOG (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão), recebeu os representantes do sindicato da categoria e ofereceu uma proposta do pleito relativo à sua pasta, autorizando a mudança de nomenclatura da carreira para auditor fiscal federal agropecuário e o reajuste de 10,8%, dividido em 2 anos. Também foi proposto o reajuste de benefícios a partir de 1º janeiro de 2016.

Em Mato Grosso do Sul, entre processos de licenças de importação e autorizações de importação, somam-se quase U$2.000.000, parados durante a greve. Viagens, fiscalizações e auditorias ficaram suspensas e foram contabilizadas 4 toneladas de produtos retidos na fronteira.

Jornal Midiamax