Cotidiano

Fezes de morcego são encontradas em merenda escolar, diz MPE

MPF também flagrou sebo em carne de escola do interior

Midiamax Publicado em 25/11/2015, às 19h03

None
fezes_de_morcego.jpg

MPF também flagrou sebo em carne de escola do interior

Fezes de morcego. Isto mesmo. Fezes de morcego foram encontradas junto à merenda escolar na Escola Municipal Rural Luciano da Costa Lima, no distrito de Quebrancho, em Anaurilândia, a 372 quilômetros da Capital.

Conforme relato de projeto do Ministério Público pela Educação (MPEduc), a unidade está infestada por morcegos há cinco anos e as fezes estão em todos os lugares: desde salas de aula, banheiros e até no armazém da merenda escolar. Fiscais que visitaram o local revelaram que o cheiro forte toma conta da escola.

O Ministério Público ressaltou os riscos para a saúde dos alunos e professores e classificou a negligência da Prefeitura local como “inaceitável”. E mais: o órgão considerou a situação da escola uma das mais graves do projeto MPEduc.

Além da infestação de morcegos, na escola rural Luciano da Costa Lima também foram encontrados alimentos impróprios para consumo e carne de péssima qualidade, repleta de sebo.

De acordo com os gestores locais, faltam repasses de verbas do Ministério da Educação  e recursos do Fundeb para realização de investimentos nas escolas – os valores hoje estariam todos aplicados no pagamento dos profissionais da educação. Tais pontos serão posteriormente investigados pelo Ministério Público.

Na visão do MP, ”ainda que haja dificuldades orçamentárias, é inadmissível que alunos e professores sejam obrigados a conviver em ambientes inóspitos e inseguros”. A Prefeitura de Anaurilândia deve ser notificada para apresentar soluções às irregularidades encontradas.

(Com informações do Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul)

Jornal Midiamax