Cotidiano

Feira do Agronegócio em Coxim quer estimular Pecuária de Leite e de Corte

A programação da feira inclui palestras, leilões, dia de campo, apresentação de máquinas e visitas técnicas

Gerciane Alves Publicado em 07/07/2015, às 18h09

None
gado.jpg

A programação da feira inclui palestras, leilões, dia de campo, apresentação de máquinas e visitas técnicas

A pecuária de corte é a segunda atividade econômica mais importante da região de Coxim, cidade a 253 quilômetros de Campo Grande ficando atrás somente do turismo de pesca. Com objetivo de estimular a produção e integrar os produtores da região, o Sindicato Rural de Coxim promove entre os dias 9 e 11 de julho a 2ª edição da Feira do Agronegócio, no Parque de Exposição Carlos Simão Introvini.

Com apoio do Sistema Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Prefeitura Municipal de Coxim e Sebrae/MS (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso do Sul), a feira terá uma programação que inclui palestras, leilões, dia de campo, apresentação de máquinas e visitas técnicas.

Na avaliação da presidente do sindicato rural, Terezinha de Souza Cândido Silva, o cronograma de atividades oferecidas aos visitantes atenderá vários setores do agronegócio, no entanto o foco principal é a pecuária. “Procuramos trazer as inovações tecnológicas do setor e por isso começamos pelo Dia de Campo, realizado no dia 27 de junho, em Pedro Gomes. Alguns dos animais que serão leiloados na feira foram apresentados pelos proprietários da Fazenda Modelo. Teremos ainda um giro tecnológico sobre pecuária de leite”, detalhou.

Durante o evento, o Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) realiza o 2º Dia de Campo do projeto Mais Leite. O Giro acontece no dia 10 de julho e promoverá um giro tecnológico por seis estações de trabalho: Manejo rotacionado e pastagem, Cerca elétrica, Qualidade do leite, Instalações e equipamentos de ordenha, Apresentação da rede e-Tec e Manejo nutricional dos animais.

De acordo com a coordenadora de programas de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural), Mariana Urt, o programa já atende produtores de cinco municípios e a meta é alcançar toda região Norte. “Atendemos Coxim, Figueirão, Camapuã, São Gabriel e Rio Verde e pretendemos ampliar a abrangência”, argumentou.

O censo agropecuário do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgado em 2013 aponta que o rebanho bovino de Coxim é formado por 493 mil cabeças. Os técnicos do ATER/Mais Leite querem resgatar o cooperativismo e associativismo como forma fortalecer essa produção. “Cada apresentação terá duração de 30 minutos e os grupos serão divididos conforme o número de participantes. Convidamos produtores dos municípios vizinhos e aguardamos a presença de 200 pessoas”, acrescentou a coordenadora.

Leilões – A compra e venda de animais será um destaque a parte com administração da Central Leilões Ltda, de Araçatuba (SP). Segundo informações do assessor Alessandro André está prevista a comercialização de 1,5 mil animais. “Serão ofertados touros das raças Nelore, Brahma, Pardo Suíço e Brasil, adaptado para o clima da região norte do Estado. Estamos otimistas com a feira, pois, comprovamos o interesse demonstrado pelos 200 produtores que participaram do evento em Pedro Gomes”, ressaltou.

Circuito Aprosoja – No segundo dia (10) da feira do Agronegócio de Coxim, será realizada uma palestra do Circuito Aprosoja, com o analista financeiro Fernando Muraro. O encontro acontecerá a partir das 19h, no tatersal do Parque de exposições com o tema ‘Mercado de grãos para safra 2015/16’. Os participantes terão a oportunidade de assistir uma análise sobre a interferência de fatores como o clima, custos de insumos, câmbio e a perspectiva de aumento da produção de soja em todo país.

Jornal Midiamax