Estado e Município analisam contraproposta enviada pela Santa Casa

Contrato com Prefeitura venceu em 7 de junho
| 22/07/2015
- 23:00
Estado e Município analisam contraproposta enviada pela Santa Casa

Contrato com Prefeitura venceu em 7 de junho

A Prefeitura de Campo Grande e o governo do Estado ainda analisam a proposta enviada pela Santa Casa, para formalizar contrato entre a unidade e o Executivo municipal. De acordo com informações do secretário-adjunto da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) Antônio Lastória, há pontos polêmicos no documento que precisam ser avaliados.

“Estamos em negociação ainda. Eles [Santa Casa] fizeram uma contraproposta e mandamos para o Estado, tem alguns pontos polêmicos. Talvez esta semana voltamos a conversar sobre a contratualização”, contou Lastória.

A Santa Casa não aceitou a ultima proposta apresentada pela Prefeitura em parceria com o governo estadual. O documento previa um repasse de R$ 3,5 milhões, sendo R$ 2,5 milhões para correção da inflação e R$ 1 milhão para a aquisição de novos serviços, além da contratualização de cinco anos.Caso o hospital aceitasse ampliar para 118, a quantidade de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) haveria um repasse de mais R$ 500 mil. 

O último acordo entre o hospital e a Prefeitura de Campo grande venceu no último dia 7 de junho, de acordo com a assessoria do hospital, e, até o momento não foi renovado.

O presidente da ABCG, Wilson Teslenco, chegou a explicou que a falta de um contrato pode prejudicar pagamentos futuros, tanto de funcionários como de fornecedores do hospital.

Veja também

Após show de dupla sertaneja, pessoas lotaram os canteiros centrais e a rua

Últimas notícias