Cotidiano

Equívoco da Prefeitura coloca coordenador do Samu ‘no olho da rua’

Depois de revogar nomeação, Prefeitura corrigiu erro e manteve cargos

Ludyney Moura Publicado em 20/05/2015, às 17h58

None
dr._cury_la.jpg

Depois de revogar nomeação, Prefeitura corrigiu erro e manteve cargos

O coordenador do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Eduardo Cury (PTdoB), foi pego de surpresa nesta quarta-feira (20). Além dele, a cúpula do serviço  também foi ‘exonerada’ dos cargos por um decreto publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) de hoje.

Cury atendeu a reportagem do Jornal Midiamax sem saber do decreto que revogava sua nomeação para a chefia do Samu. “Estive com o prefeito hoje de manhã e ele não me falou nada. Estou trabalhando normalmente”, contou.

O desencontro durou pouco, e a Prefeitura retificou a informação em uma edição extra do Diogrande, tornando sem efeito os decretos que afastaram a cúpula do Samu.

Além de Cury, o equívoco na publicação alcançou o assessor técnico do transporte do Samu, Luiz Antônio Bispo, e a supervisora de enfermagem do serviço, Ariela Milani de Almeida. 

Jornal Midiamax