Enquanto guard-rails não aparecem, carros continuam a cair nos córregos

Prefeitura instalará defensas com recursos de R$ 800 mil
| 18/07/2015
- 00:58
Enquanto guard-rails não aparecem, carros continuam a cair nos córregos

Prefeitura instalará defensas com recursos de R$ 800 mil

A Prefeitura de Campo Grande utilizará R$ 800 mil, verbas do Pró-Transporte da Caixa Econômica Federal, para instalar guard-rais em trechos que oferecem mais riscos aos motoristas de Campo Grande, como Avenidas cortadas por córregos, cruzamentos, curvas e viadutos. Desde o começo do ano, acidentes com motos e carros ocorrem com frequência em alguns destes locais, como os dois acidentes que ocorreram somente na manhã desta sexta-feira (17).

No entanto, de acordo com Kátia Castilho, secretária-adjunta da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestutura,Transporte e Habitação), a Prefeitura ainda elabora um termo de referência específica para iniciar uma nova licitação e posteriormente implantar os guard-rails.

“O processo está comigo e estou terminando a especificação”, sintetizou.

 Ainda que as defensas não evitem totalmente acidentes, elas podem minimizar alguns casos como diz o diretor de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Sidiney Oshiro.

Os guard-rails, conhecidos também como barreiras, podem, por exemplo, impedir que um carro em velocidade média venha a capotar caso se envolva em um acidente de trânsito perto de curvas e até dentro delas, assegurou o diretor de trânsito da Agetran, Sidinei Oshiro.

No entanto, enquanto se espera pela liberação do projeto, motoristas sofrem com a falta de estrutura adequada em vias que requerem mais atenção, como a Avenida Ernesto Geisel, que corta a área central e chega aos bairros mais distantes da Capital.

Relembre as quedas

Somente na manhã de hoje dois carros caíram em córregos diferentes da Capital. Um Hyndai HB20, placas OOP-2308, de Campo Grande, caiu no Córrego Sóter, na Avenida Via Park esquina com a Rua Ivan Fernandes Pereira durante a madrugada. Segundo informações preliminares, o condutor do HB20 caiu no córrego após perder o controle do veículo. Com o impacto, o corrimão de uma ponte existente no local foi arrancado.

A primeira queda aconteceu no Córrego Bandeira, na Avenida Interlagos. Neste caso o homem aparentava estar alcoolizado e foi levado pelos socorristas para a UPA (Unidade de Pronto Atendido) Universitário.

Em junho, no dia 10, um Honda Civic caiu no Córrego Segredo. O acidente aconteceu na alça de acesso da Avenida Mascarenhas de Moraes com a Presidente Ernesto Geisel. A condutora teve ferimentos leves e acredita-se que o automóvel tenha perdido o freio.

Enquanto guard-rails não aparecem, carros continuam a cair nos córregos

Em maio, outro veículo também foi parar no rio. Uma caminhonete S10 caiu no Córrego Anhandui, perto do Shopping Norte e Sul Plaza, também na Ernesto Geisel. Testemunhas disseram que o motorista perdeu o controle quando se aproximou do cruzamento da Avenida com a Rua Bom Sucesso. Ele também foi socorrido sem machucados graves.

Enquanto guard-rails não aparecem, carros continuam a cair nos córregos

Veja também

Morador relata que, pela segunda vez, lotérica tem falta de saque

Últimas notícias