Enfermeiros da Santa Casa ameaçam parar por falta de reajuste

Categoria se reunirá em assembleia na segunda-feira
| 24/07/2015
- 23:12
Enfermeiros da Santa Casa ameaçam parar por falta de reajuste

Categoria se reunirá em assembleia na segunda-feira

da pretendem paralisar as atividades gradativamente a partir da próxima segunda-feira (27). A parada dos profissionais deve ocorrer a cada 3 horas pelo fato de a categoria ainda não ter tido reajuste salarial.

De acordo com informações do Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem), os profissionais querem que o hospital conceda o índice de 12,68% nos salários, adicional de exclusividade de 20% sobre o salário-base dos enfermeiros, abono assiduidade de R$ 184, 73,vencimentos de R$ 1.778,86 para técnicos em enfermagem nível 2 que sejam graduados na área, além da renovação do instrumento normativo.

Apesar de ameaçarem interromper as atividades, o sindicato realizará ainda na segunda-feira assembleia no térreo da Santa Casa. Reuniões ocorrerão durante todo o dia para deliberar sobre a paralisação gradativa.

Conforme informações do sindicato, o hospital não respeitou a data-base marcada para maio e ofereceu proposta de reajuste com o índice de 8,34% somente em junho. 

No entanto, a categoria rejeitou o percentual pelo fato de, segundo ela, o índice cobrir apenas o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Ainda segundo o Siems, a Santa Casa chegou a apresentar nova proposta em julho com o índice de 6%, desta vez retroativo a maio, mas também foi negada pela enfermagem.

A diretoria do hospital, por sua vez, afirma que está em negociação com representantes sindicais e agendará reunião para discutir o assunto.

Veja também

Comunidade Esperança, localizado no Bairro Noroeste em local conhecido como “Aterro do Noroeste” entrou em...

Últimas notícias