Cotidiano

Em MS, 27,9 mil farão Enem para garantir diploma do ensino médio

Número representa 21% dos que vão fazer exame

Kemila Pellin Publicado em 06/10/2015, às 21h24

None
trans80378.jpg

Número representa 21% dos que vão fazer exame

Em Mato Grosso do Sul 132.003 estudantes se inscreveram no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015, destes, 27.972 vão fazer a prova para validar o ensino médio, ou seja, vão tentar usar o exame para antecipar a conclusão dos estudos. No país, 867.968 alunos também optaram por essa alternativa.

O Inep também divulgou que 5,57% dos inscritos, não concluíram e também não estão cursando o ensino médio; 14,94% concluirá após 2015 e 21,30% vai terminar os estudos ainda este ano.

O maior percentual, 57,99% são de pessoas que já concluíram essa etapa do ensino. O que vai de encontro com outra estatística divulgada, de que 29% dos inscritos tem entre 21 e 30 anos, e 14% tem mais de 30.

Os jovens de 18 anos representam apenas 12%, e os menores de 16 anos somam pouco mais de 3% do total dos 7.746.118 inscritos na prova de 2015. Os adolescentes com idade igual a 17 anos representam a maioria neste grupo, com 14% das inscrições.

As mulheres também são a maioria, com 57,55% do total. Outro fator relevante é que mais da metade dos inscritos, 4,4 milhões, declarou carência e não pagou a taxa de inscrição, que neste ano foi de R$ 63.

Uma conquista, que vale ser destacada, é o crescimento no número de transexuais e travestis que puderam fazer a inscrição usando o nome social. Dos 102 em 2014, passaram para 278 em 2015, o que representa um aumento de 172%. Em Mato Grosso do Sul 4 pessoas vão poder ser chamados pelo nome que escolheram.

Validação

Para usar o Enem como validação do ensino médio, ou declaração de proficiência com base nos resultados do ENEM, o estudante precisa possuir 18 anos, atingir 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na Redação. 

Jornal Midiamax