Cotidiano

Em 15 minutos de ação profissionais da saúde distribuem 4 mil preservativos na Capital

Ação contra doenças sexualmente transmissíveis terá continuidade em unidades de saúde

Midiamax Publicado em 13/02/2015, às 15h24

None
img-20150213-wa0173_-_copiar.jpg

Ação contra doenças sexualmente transmissíveis terá continuidade em unidades de saúde

Enfermeiros e agentes comunitários de saúde distribuíram quatro mil preservativos durante ação realizada na manhã desta sexta-feira (13) no cruzamento das Avenidas Tamandaré e São Nicolau, na Vila Santa Luzia, na região norte da Capital. O trabalho contou com a participação de 38 profissionais da saúde.

Segundo a enfermeira chefe de uma das equipes da UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Nasser, Veronice Dias, foram distribuídos panfletos educativos, preservativos masculinos, e alguns gel lubrificantes. A ação foi feita com intuito de prevenir as DST’s (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

“É importante esse trabalho porque chega esse período de carnaval, muitas pessoas querem se divertir, namorar e nem sempre se lembram de comprar o preservativo”, explica. A enfermeira destaca que apesar da grande aceitação da população é possível perceber que em alguns casos ainda há rejeição, principalmente de mulheres e de condutores que estavam com meninas no carro.

“Algumas mulher nem mesmo abaixavam o vidro e quando os condutores estavam com meninas no carro, só sinalizavam com a cabeça de que não queriam os materiais. Percebemos que é necessário ter mais diálogo, falar sobre o assunto para evitar além de doenças, uma gravidez precoce, não desejada pela adolescente”, ressalta.

A ação é realizada em parceria com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), Ministério da Saúde e Distrito Sanitário Norte. A ação no cruzamento teve início às 6h30 e terminou antes das 7 horas, no entanto, a campanha continua nas unidades de saúde da Capital.

Jornal Midiamax