Cotidiano

Dona mantém cãozinho amarrado em árvore para evitar atropelamento

Dona já perdeu cachorro atropelado por ônibus no local

Midiamax Publicado em 25/06/2015, às 19h43

None
img-20150623-wa0058.jpg

Dona já perdeu cachorro atropelado por ônibus no local

O cãozinho que foi flagrado amarrado em árvore é preso pela própria dona para evitar atropelamento. A dona do animal procurou a equipe de reportagem nesta quinta-feira (25) para esclarecer a situação. Amante dos pets, ela já perdeu outro cachorro no local por deixá-lo solto: um ônibus o atropelou.

“Fui xingada, humilhada. As pessoas falam sem saber, deveriam cuidar dos cães abandonados. Ele é muito querido, bem tratado, vacinado, come ração, toma água, tudo normal. A casa está em reforma e minha filha o levou para fazer companhia. Deixamos preso porque já perdemos um cachorrinho ali naquela rua, atropelado por um ônibus”, desabafou. 

A dona do animal, que terá a identidade preservada, só ficou sabendo da repercussão da imagem depois que sua filha ligou chorando dizendo que iam levar o cachorro. Ela nega maus-tratos e afirma que o canino só ficou amarrado no dia em que a imagem foi registrada e que ele já está em sua casa.

Entenda o caso

Na última terça-feira (23), o Jornal Midiamax noticiou denúncia de moradores do Jardim Nhanhá, de que na Rua Antônio Bittencourt Filho um cachorro estava amarrado em uma árvore havia semanas, sem água, sem comida e exposto ao sol. A informação causou revolta nas redes sociais.

Números

De acordo com informações da Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção a Turistas) em 2014 foram registrados 65 boletins de ocorrência por maus-tratos a animais, e entre janeiro e março de 2015 foram registrados 14 casos.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jorna Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do JornalMidiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax