Cotidiano

Comissoes da OAB/MS promovem reuniao tecnica sobre aves urbanas e zoonoses

A principal discussão do encontro será sobre a proliferação de pombos na capital

Gerciane Alves Publicado em 10/08/2015, às 17h56

None
pombos.jpg

A principal discussão do encontro será sobre a proliferação de pombos na capital

A Comam (Comissão do Meio Ambiente), em conjunto com a CDDA (Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais), irão promover uma reunião pública no dia 18 de setembro, das 13 às 18 horas, no plenário da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul), sobre aves urbanas e zoonoses. A principal discussão do encontro será sobre a proliferação de pombos na capital.

Segundo a presidente da Comam, Helena Clara Kaplan, embora considerados pacíficos, os pombos representam atualmente um grave problema de saúde pública em função de sua grande proliferação. Kaplan explica que essas aves são vetores de uma série de doenças transmissíveis a seres humanos e causam prejuízos às propriedades, construção civil, monumentos, automóveis e inclusive às outras aves, provocando um desequilíbrio ecológico. “Os pombos se proliferam porque têm alimento farto por uma questão cultural da população em oferecer. As aves também se alimentam de ração de cães e gatos nos quintal”, disse a advogada.

A proposta do evento é coletar as experiências dos técnicos que estarão presentes, ouvir a questão jurídica relacionada aos crimes ambientais em relação às empresas que se utilizam de métodos ilegais para exterminar esses animais, além de orientar aos órgãos públicos de gerência sanitária para que fiscalizem as entidades que devem encontrar alternativas para eliminar ou minimizar a população dessas aves. As comissões pretendem, com o evento, elaborar uma carta de intenções ou uma proposta de projeto de lei que trate de criminalizar atitudes que facilitem a proliferação dos pombos e de reeducar a população com campanhas de educação socioambiental.

São convidadas a participar conjuntamente dessa reunião técnica a Comissão da Saúde da OAB/MS e uma série de entidades, como órgãos de saúde, de meio ambiente e colegiados, além de órgãos públicos de licenciamento das empresas dedetizadoras, universidades e toda a população técnico-científica, além de advogados que atuam em áreas afins.

A reunião acontecerá no dia 18 de setembro, das 13 às 18 horas, no plenário da OAB/MS.

Jornal Midiamax