Cotidiano

Com 962 vagas, UFGD abre inscrições para Vestibular 2016

Inscrições vão até 17 de novembro

Midiamax Publicado em 15/10/2015, às 21h15

None
300x219x4-5086cab8206134f5843aa3733b03cee20c9a1e99269da.jpg

Inscrições vão até 17 de novembro

 A UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) publicou nesta quarta-feira (14) o edital referente ao Vestibular 2016. Ao todo, são oferecidas 962 vagas distribuídas em 32 cursos de graduação presenciais.

As inscrições podem ser feitas a partir das 13h de 15 de outubro e até às 17h de 17 de novembro, exclusivamente pela internet, na página do Vestibular. As provas acontecerão no dia 06 de dezembro, nas cidades de Campo Grande, Coxim, Dourados e Três Lagoas.

Para se inscrever, o candidato deverá realizar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 80,00. A UFGD concederá isenção da taxa de inscrição aos candidatos que estão cursando o ensino médio na rede pública do MS; e poderá pleitear isenção ainda, os egressos da rede pública de todo o Brasil, desde que comprovem renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita. As normas e documentos necessários para a isenção estão no edital do Vestibular.

Cotas sociais

Os interessados em cursar sua graduação na UFGD têm duas opções de ingresso: acesso universal e reserva de vagas.

A reserva de vagas, também conhecida como cotas sociais, é um cumprimento à Lei 12.711/12, que orienta que 50% das vagas sejam reservadas para candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. Desses 50%, metade das vagas é destinada a candidatos oriundos de famílias com renda igual ou inferior a um 1,5 salário-mínimo per capita.

Todas as vagas reservadas serão destinadas a candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas em proporção no mínimo igual à soma dessas populações em Mato Grosso do Sul, que é de 51,95%, apurado segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mais especificamente, esses 51,95% são a soma de 44,13% para pardos, 4,88% para pretos e 2,94% para indígenas.

Caso não haja candidatos aprovados com o perfil de cada grupo de reservas, as vagas remanescentes serão ocupadas por quaisquer candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

O candidato que não optar, no ato da inscrição, por participar do sistema de reserva, mesmo que atenda a todas as exigências para participar dessa forma, concorrerá apenas pelo sistema universal.

Todos os candidatos devem ler atentamente o conteúdo do edital que rege o processo seletivo, onde constam informações importantes como prazos, número de vagas por curso, documentos exigidos, dentre outras. O edital encontra-se disponível no link: http://cs.ufgd.edu.br/vestibular/2016 ​

Jornal Midiamax