Cotidiano

Ceinf abandonado vira problema para moradores que reclamam de sujeira e invasão

Moradores procuraram autoridades competentes, mas não conseguiram resolver questão 

Thatiana Melo Publicado em 22/06/2015, às 15h44

None
2.jpg

Moradores procuraram autoridades competentes, mas não conseguiram resolver questão 

Moradores do Bairro Centenário reclamam da sujeira, e mato alto do Ceinf (Centro de Educação Infantil), localizado no Jardim Centenário, que era para ser entregue para a população em 2013 conforme a placa da obra fixada no local, com término para 1º de maio, e valor orçado em R$ 2.142.774,17.

Até agora o Ceinf continua fechado e o que existe no local são mato alto e sujeira de uma obra inacabada. Segundo um morador da região, que não quis se identificar, tudo está abandonado e ninguém faz a segurança do local. “Estão levando os materiais deixados na obra, além do perigo que vira à noite com pessoas que vão consumir drogas e usar a creche como motel”, explica o morador.

Ainda de acordo com o homem várias reclamações já foram feitas aos órgãos competentes, mas até agora nada foi feito. “As crianças estão largadas na rua em vez de estarem no local que agora serve para a ‘bandidagem ‘ se esconder e como criadouro do mosquito da dengue”, diz.

O Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria da Prefeitura, através de e-mail, e até o fechamento da matéria não obtivemos resposta.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens pelo WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax