Cotidiano

Católicos prestigiam posse de novo bispo auxiliar de Campo Grande

Frei Janus é conterrâneo do papa João Paulo II

Ludyney Moura Publicado em 01/05/2015, às 20h11

None
posse_novo_bispo_auxiliar.jpg

Frei Janus é conterrâneo do papa João Paulo II

Milhares de pessoas acompanharam nesta sexta-feira (1º), Dia do Trabalho, a posse do novo bispo auxiliar de Campo Grande, o monsenhor frei polonês Janusz Marian Danecki, durante a missa realizada no ginásio poliesportivo do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora.

A missa foi celebrada pelo arcebispo de Campo Grande, dom Dimas Lara Barbosa e concelebrada pelo arcebispo Metropolitano de Manaus, dom Sérgio Eduardo Castrianni, e por dom João Wilk, bispo de Anápolis (GO).

Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), acompanhado da esposa, prestigiou a posse do novo bispo auxiliar da Capital.

Frei Janus *

O frei Janusz Marian Danecki foi nomeado pelo papa Francisco em 24 de fevereiro deste ano como bispo auxiliar da arquidiocese de Campo Grande. Natural de Sochaczew, na Polônia, dom Janusz Danecki era, até fevereiro deste ano, pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Juruá, na Prelazia de Tefé (AM). Ele pertence à Ordem dos Frades Menores Conventuais (OFMConv). Nasceu em 8 de setembro de 1951 e ingressou no Seminário Menor de Niepokalanów aos 14 anos.

Foi ordenado presbítero no dia 19 de junho de 1977, em Sochaczew. Por oito anos exerceu o ministério sacerdotal na Polônia, passando por diversas paróquias e também na arquidiocese de Varsóvia até 1984. Desempenhou atividade na Pastoral Vocacional e no Centro Vocacional de Niepokalanów. Em 14 de abril de abril de 1985, foi enviado à Missão de São Maximiliano Maria Kolbe no Brasil.

Na arquidiocese de Brasília e diocese de Luziânia (GO), ocupou a função de pároco em diferentes paróquias. No período de 1987 a 1994, exerceu atividade de formador no Seminário Propedêutico da Ordem dos Frades Menores Conventuais, no Jardim da Imaculada, em Luziânia e no Seminário São Francisco de Assis, em Brasília . Foi diretor Nacional do Movimento Milícia da Imaculada e vigário da Província São Maximiliano Maria Kolbe no Brasil de 2003 a 2007. Em 2008, seguiu para a Missão Franciscana na Amazônia, onde está como pároco, na prelazia de Tefé (AM).

* Com informações da assessoria

Jornal Midiamax