Cotidiano

Cãozinho Guerreiro sai da clínica e vai para lar temporário

Depois de ser atacado por dois pitbull cão consegue lar temporário

Padrão do site Publicado em 29/10/2015, às 14h35

None
12193761_988256547899388_6196196840320336349_n_1.jpg

Depois de ser atacado por dois pitbull cão consegue lar temporário

A primeira exigência, que era sair da clínica veterinária por não haver mais condições de ser abrigado no local, o Guerreiro conseguiu. Sensibilizada com a situação, uma mulher procurou nessa quarta-feira (28) a ONG (Organização Não Governamental) Abrigo dos Bichos para adotar o cãozinho temporariamente.

O cão foi atacado por dois pitbulls na última segunda-feira (22) e socorrido por uma moradora do Bairro Tiradentes, com graves ferimentos. Ele foi encaminhado pela ONG para um clínica veterinária em Campo Grande. Com quatro dias de internação, o tratamento chegou ao fim nessa terça-feira (27) e o cão precisou ser retirado do local para dar lugar a novos pacientes.

Segundo informações da presidente da ONG Maria Lúcia, um primeiro passo foi dado porém, ainda não é o suficiente. “Ele foi encaminhado para um lar temporário e não poderá ficar por muito tempo. Por enquanto ele está bem, mas queremos um lar definitivo para o Guerreiro, que é um cão tão dócil”. 

Além de encontrar um lar, a presidente solicita também por alguém disposto a ajudar nas despesas do tratamento, que somam aproximadamente R$ 550, pois a ONG está envolvida com diversas dívidas e não tem condições de quitar esta.

Interessados em em ajudar nos gastos e pela adoção de Guerreiro devem procurar a clínica onde ele está internado, pelo telefone (67) 3382-7356.

Jornal Midiamax