Cotidiano

Após jogar 4,8 t de merenda fora, Prefeitura faz distribuição de alimentos

Distribuição começou por escolas integrais e creches

Midiamax Publicado em 17/10/2015, às 16h16

None
merenda.jpg

Distribuição começou por escolas integrais e creches

Depois de jogar fora 4,8 toneladas de comida, que estragaram no depósito da Suali (Superintendência de Abastecimento Alimentar), a Prefeitura de Campo Grande iniciou, ontem, a distribuição de alimentos para as escolas, começando pelas unidades da Reme (Rede Municipal de Ensino) que são em tempo integral e pelos Ceinfs (Centros de Educação Infantil). Nas creches, a situação era tão precária que as crianças estavam sendo alimentadas graças a doações, vaquinhas e até promoções feitas pelos professores e funcionários dos estabelecimento.

A partir de terça-feira, conforme a Prefeitura anunciou, os produtos começam a ser entregues para a outras unidades da Reme. Entre os itens entregue estão arroz, trito, óleo, frango, farinha de milho, biscoito salgado e doce, achocolatado e polpa de tomate, além de leite em pó.

Conforme foi divulgado, o prefeito Alcides Bernal (PP) se reuniu com fornecedores para definir a aquisição de alimentos. Assim que assumiu o cargo, com o afastamento de Gilmar Olarte pela Justiça, Bernal reclamou dos valores pagos em alimentos, assim como atribuiu à equipe do antecessor o problema com os alimentos que foram jogados fora. O MPE (Ministério Público Estadual) abriu investigação a respeito.

“Nossas crianças merecem esse cuidado especial e no que depender da nossa administração não vai falta alimento nas escolas e Ceinfs”, afirmou o prefeito em material divulgado pela assessoria de imprensa.

A secretária municipal de Educação, Leila Machado, explicou porque duas escolas e as creches foram priorizadas no atendimento. “Foi uma determinação do prefeito Alcides Bernal e na próxima terça-feira vamos iniciar a entrega nas escolas”, informou.
Após jogar 4,8 t de merenda fora, Prefeitura faz distribuição de alimentos

A lista de compras

De acordo com o que a Prefeitura divulgou, a Sualei recebei 1680 pacotes de arroz, 150 pacotes de farinha de trigo, 80 unidades de fermento, 11.5 mil litros de óleo de soja, 1.998 quilos de frango, 167 pacotes de filé de peito de frango, com 18 quilos cada, 15 mil pacotes de biscoitos de leite, 16 mil pacotes de biscoito com sal, 540 litros de vinagre, 28 mil tempero de orégano, 21 mil latas de Nestogeno 2 e 1873 latas de Nestogeno 1, 237 pacotes de farinha de milho, 672 pacotes de achocolatado e 1050 caixas de polpa de tomate.

Jornal Midiamax