Cotidiano

Rapaz executado no Bairro Parque de Exposição tinha passagens por roubos

Julio Cesar Arce, de 18 anos, executado no fim da tarde desta segunda-feira (15), por volta das 19h20, tem diversas passagens criminais. A vítima foi encontrada morta, com diversos ferimentos provocados por tiros e com capacete. O fato aconteceu em frente ao Parque de Exposição de Ponta Porã, município ao sul de Campo Grande, no […]

Arquivo Publicado em 16/09/2014, às 15h50

None

Julio Cesar Arce, de 18 anos, executado no fim da tarde desta segunda-feira (15), por volta das 19h20, tem diversas passagens criminais. A vítima foi encontrada morta, com diversos ferimentos provocados por tiros e com capacete.


O fato aconteceu em frente ao Parque de Exposição de Ponta Porã, município ao sul de Campo Grande, no Bairro Parque de Exposições. O caso foi registrado como homicídio doloso, com intenção de morte.


Não há informações sobre a motivação da morte do rapaz, mas a vítima foi reconhecida pro diversas pessoas como envolvidos em assaltos na região. Além disso, ele tem passagem por roubo e tráfico de drogas.


O corpo da vítima foi reconhecido 3 horas após o crime, pois o irmão mora no país vizinho, o Paraguai, e não estava sabendo da morte em Ponta Porã. Junto ao corpo, os policiais não encontraram nenhum tipo de documentação que pode identificar o rapaz rapidamente e acionar os familiares.

Jornal Midiamax