Cotidiano

Na véspera do fim do horário de verão, chuva forte deixa Campo Grande com manhã nublada

Carros precisaram acender os faróis com temporal que atingiu a Capital pela manhã. A previsão é de que o tempo fique fechado durante todo o dia.

Arquivo Publicado em 15/02/2014, às 11h19

None
321103285.jpg

Carros precisaram acender os faróis com temporal que atingiu a Capital pela manhã. A previsão é de que o tempo fique fechado durante todo o dia.

Quem contava com o sábado (15) para lavar roupa e estender ao sol já não pode contar mais. O dia amanheceu chuvoso e escuro em Campo Grande e os motoristas precisaram acender os faróis para andar pela cidade na véspera do fim do horário de verão.


A rua dos Andradas no bairro Santo Antônio, ficou totalmente alagada no trecho que liga a avenida Duque da Caxias com a rua Silveira. Os carros que trafegam pelo local ficaram com dificuldades de transitar. Muitos veículos pararam e a água chegou a cobrir a parte dianteira dos veículos.


A orientação é que os motoristas evitem passar pelo local porque o trânsito está bastante lento e existe um fluxo grande de veículos na via. A enxurrada está deixando o trecho entre a Avenida Duque de Caxias até a Rua Madri totalmente alagado.


Outro ponto que já está bastante alagado é na Rua Eunice Weazer com a Presidente Vargas, no bairro Santo Antônio. Os moradores já colocaram placas e tapumes para evitar que a água entre nas residências. A avenida Presidente Vargas sentido Duque de Caxias também encontra-se alagada.


Pelo interior, a chuva aumentou a umidade do ar nas cidades de Corumbá e Ládário, que vinham sendo castigadas com o clima seco. A chuva começou por volta das 13h de ontem e permaneceu por cinco horas ininterruptas, e totalizando 25 milímetros neste período.


Três Lagoas, onde não caiu uma gota d’água durante a semana, também choveu trazendo alivio para a região que sofria com o forte calor e clima seco. Nas demais regiões do Estado, pancadas de chuvas também diminuíram a sensação de calor.


(Colaboraram Éser Cáceres e Guilherme Brito)

Jornal Midiamax