Cotidiano

Mulher de PM acusa jovem de ser ladra e bate nela no bairro Arnaldo Figueiredo

Raiane Raide Casto Mendes, de 21 anos contou que foi agredida por volta das 22h de ontem (02) pela mulher de um Policial Militar, identificada como Katiele. O fato teria acontecido na residência da vítima, que fica na rua dos Previdenciários, no bairro Arnaldo Figueiredo, em Campo Grande. Raiane revelou que as sobrinhas da autora […]

Arquivo Publicado em 03/07/2013, às 09h50

None

Raiane Raide Casto Mendes, de 21 anos contou que foi agredida por volta das 22h de ontem (02) pela mulher de um Policial Militar, identificada como Katiele. O fato teria acontecido na residência da vítima, que fica na rua dos Previdenciários, no bairro Arnaldo Figueiredo, em Campo Grande.

Raiane revelou que as sobrinhas da autora teriam deixado uma mala com produtos na casa da vítima na segunda-feira (01) e buscaram no dia seguinte (02). Mas à noite, quando estava com o seu marido, a autora surgiu acusando a vítima de ter roubado dois perfumes.

Além de gritar e falar “palavrões”, a autora teria arranhado o rosto e a testa de Raiane. O marido da vítima conseguiu separar ambas e a autora teria se retirado da residência gritando no meio da rua palavras de baixo calão.

De acordo com o registro policial (6678/13), o marido da vítima recebeu mensagem no celular do marido da autora, que seria PM. No texto dizia que a autora faria um boletim de ocorrência de furto, já que a sobrinha teria testemunhado o fato. Diante disso, a vítima alega ter medo de sofrer represálias.

O crime foi registrado como lesão corporal dolosa na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Jornal Midiamax