Cotidiano

Ladrões armados invadem casa e mantêm família refém em bairro de Campo Grande

Os casos desse tipo estão se tornando comuns em bairros de classe média da Capital. Os dois bandidos 'fizeram um limpa', mas abandonaram o veículo que levaram porque o combustível acabou.

Arquivo Publicado em 09/11/2011, às 18h33

None
1678677199.jpg

Os casos desse tipo estão se tornando comuns em bairros de classe média da Capital. Os dois bandidos ‘fizeram um limpa’, mas abandonaram o veículo que levaram porque o combustível acabou.

Um casal e dois filhos, um de 18 e outro de 14 anos, foram surpreendidos por dois homens armados que fizeram um limpa na casa da família levando, inclusive um automóvel modelo Golf, que foi recuperado pouco tempo depois da ação criminosa. O fato aconteceu por volta das 20h do dia 7 deste mês, no bairro Jardim Tijuca.

Segundo relato do dono da casa, um comerciante de 43 anos, ele estava assistindo televisão quando os dois homens o surpreenderam e o renderam. Em seguida os demais integrantes da família também foram rendidos e todos ficaram trancados no lavabo da sala de estar da residência.

Não há relatos de agressões contra as vítimas, mas o comerciante relata que os dois homens estavam armados, inclusive, uma das armas era uma pistola. Enquanto a família estava trancada, a dupla pegou vários objetos de valor como televisor, lâminas de cheque, jóias, eletrônicos e usaram o veículo modelo Golf para fugir.

Quando os assaltantes deixaram a casa, a família conseguiu se soltar e acionou o serviço 190 da Polícia Militar. Patrulheiros que estavam em rodas pela Avenida Guaicurus quando avistaram o veículo da família e iniciaram perseguição, porém os dois ocupantes conseguiram despistar.

Pouco tempo depois os policiais militares encontraram o carro da família abandonado. Ele estava trancado e com o alarme acionado, sendo o motivo do abandono a falta de combustível. O proprietário foi até o local e narrou o que havia acontecido.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento ao Cidadão (Depac) unidade Piratininga. O caso será distribuído para competência investigatória da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf).

Jornal Midiamax