Cotidiano

Funcionário é resgatado após ficar soterrado em construção de bairro nobre em Campo Grande

Nesta quinta-feira (12), por volta do meio-dia, um funcionário de uma obra de construção de um prédio, ficou totalmente soterrado durante um acidente, na rua Piratininga, em Campo Grande. O servente de pedreiro, Carmo Luis Raimundo, 30 anos, ficou totalmente soterrado, após um desmoronamento de terra. Os colegas de trabalho acionaram o Corpo de Bombeiros […]

Arquivo Publicado em 12/05/2011, às 17h07

None
1418366031.jpg

Nesta quinta-feira (12), por volta do meio-dia, um funcionário de uma obra de construção de um prédio, ficou totalmente soterrado durante um acidente, na rua Piratininga, em Campo Grande.

O servente de pedreiro, Carmo Luis Raimundo, 30 anos, ficou totalmente soterrado, após um desmoronamento de terra.

Os colegas de trabalho acionaram o Corpo de Bombeiros e o Samu para ajudar no resgate. Quando as equipes chegaram no local, Carmo estava desorientado, mas parte do corpo já havia sido descoberto.

Segundo o capitão Assis, dos Bombeiros, Carmo se salvou graças aos colegas de trabalho que o retiraram da terra, logo após o acidente, antes das equipes de resgate chegarem no local.

Um médico do Samu informou que aparentemente a vítima não apresentava nenhuma fratura e que ele estava com os equipamentos de segurança.

Carmo foi encaminhado para a unidade de pronto atendimento no bairro Coronel Antonino.

O engenheiro responsável pela obra, Thiago Amaral Camargo explicou que a obra está sendo realizada por um grupo de pessoas associadas e que no terreno, antes existiam três residências que foram demolidas.

O desmoronamento aconteceu no local onde era a fossa de uma das casas, causando o soterramento do funcionário. Segundo Thiago, é a segunda vez que acontece um desmoronamento de terra, porém da primeira vez, uma máquina achou o local de outra fossa, sem causar ferimentos a funcionários.

Eles faziam uma escavação para construir o subsolo do prédio, quando aconteceu o desmoronamento.
(Matéria editada às 14h18 para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax