Cotidiano

Com chuva, Vettel bate forte, e Alonso domina o primeiro treino na Turquia

O fim de semana do GP da Turquia de Fórmula 1 começou com uma personagem que andava sumida nesta temporada: a chuva. E ela fez seus estragos já no primeiro treino livre. Além de atrapalhar os planos das equipes, ainda foi a responsável direta pelo forte acidente de Sebastian Vettel, da RBR. O alemão acertou […]

Arquivo Publicado em 06/05/2011, às 12h06

None

O fim de semana do GP da Turquia de Fórmula 1 começou com uma personagem que andava sumida nesta temporada: a chuva. E ela fez seus estragos já no primeiro treino livre. Além de atrapalhar os planos das equipes, ainda foi a responsável direta pelo forte acidente de Sebastian Vettel, da RBR. O alemão acertou o guard rail da saída da rápida curva 8 com força a 28 minutos do fim e danificou muito seu carro. Sem o líder do campeonato na pista e apenas na 17ª posição, o caminho ficou livre para o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, que terminou a sessão na frente. A melhor volta do bicampeão ficou em 1m38s670.


O SporTV e o SporTV HD transmitem a segunda sessão de treinos livres para o GP da Turquia partir de 8h (de Brasília). A dúvida é se os mecânicos da RBR conseguirão consertar o carro de Vettel a tempo.


Com 13 voltas, Alonso foi um dos que mais andou na primeira sessão. O espanhol ficou 1s402 à frente do segundo colocado, o alemão Nico Rosberg, da Mercedes. O heptacampeão Michael Schumacher, apesar de ter cometido um erro nos minutos finais e escapar por pouco de um acidente, foi o terceiro, 60 milésimos pior que o companheiro de equipe. Nick Heidfeld, da Renault-Lotus, ficou em quarto e o russo Vitaly Petrov completou a lista dos cinco primeiros colocados.


Felipe Massa, da Ferrari, foi o melhor brasileiro, na sétima posição, pouco atrás do japonês Kamui Kobayashi, da Sauber. O piloto da equipe italiana chegou a sair com as novas asas levadas para o GP da Turquia, mas o time desistiu dos testes por causa do risco de danificar uma delas. Rubens Barrichello, da Williams, foi apenas o 14º, a mais de cinco segundos do tempo de Alonso. Ele acabou superado no fim pelo companheiro venezuelano Pastor Maldonado, o 12º colocado.


Principal rival da RBR até agora na temporada, a McLaren foi a equipe que menos andou no início desta sexta-feira. Seus dois carros ficaram nos boxes até os minutos finais, quando Jenson Button resolveu entrar na pista e ficar apenas em 23º, com 2m00s666, 21s996 mais lento que Alonso. Lewis Hamilton também tentou entrar, mas só conseguiu uma volta e não registrou tempo.

Jornal Midiamax