Cotidiano

Chuva alaga vários pontos e leitor flagra “rio” na avenida Júlio de Castilho: VÍDEO

Campo Grande já registra 61 milímetros de chuva apenas nesta quarta-feira (2), de acordo com o serviço de meteorologia. Deve continuar chovendo até sexta-feira e são vários os pontos afetados na cidade.

Arquivo Publicado em 02/03/2011, às 20h21

None
1756696917.jpg

Campo Grande já registra 61 milímetros de chuva apenas nesta quarta-feira (2), de acordo com o serviço de meteorologia. Deve continuar chovendo até sexta-feira e são vários os pontos afetados na cidade.

A chuva que cai em Campo Grande há três dias e se intensificou desde a madrugada desta quarta-feira (2) já causou os mesmos transtornos que incomodam moradores de várias regiões da cidade a cada precipitação. De acordo com o meteorologista Natálio Abrão, em Campo Grande já choveu 61 milímetros apenas hoje.


Para entender a quantia de água que caiu nas últimas horas, basta observar que o total esperado para todo o mês de Março seria de 162 mm. Ou seja, já choveu em dois dias quase a metade do esperado para o período de 30 dias.


O mau tempo é devido a áreas de frentes frias vindas do oceano e as chuvas devem continuar intensas até a próxima sexta-feira.


O leitor João Guilherme enviou um vídeo em que mostra os efeitos da chuva forte desta quarta-feira (2) na avenida Júlio de Castilho, em Campo Grande. Á agua acumulou na pista e formou um verdadeiro “rio” no local, avançando sobre um posto de combustível.


Motoristas trafegavam com dificuldade pela via.


Rio transborda


A chuva também causou transbordamento no córrego Anhaduízinho, na região do bairro Nha-Nhá.


De acordo com moradores e comerciantes, a água do córrego chegou ao meio fio da avenida Ernesto Geisel, próximo a rua Bom Sucesso.



Quem confirma a informação é o tapeceiro Ubaldino de Lima, 51, que mora e trabalha no local há 16 anos.


No momento em que a reportagem foi ao local, o córrego já havia baixado em torno de 1 metro. Ele também conta que já sofreu com inundação de até 1,70 metros, dentro de seu comércio.

Jornal Midiamax