Cotidiano

Chuva escurece a Capital e provoca estragos

Os campo-grandenses acordaram hoje pensando que a manhã havia se tornado noite. Nas primeiras horas do domingo de hoje, por volta das 8h, um temporal que cai durante toda a manhã agora na Capital foi o responsável pela escuridão. A forte chuva, assim como as anteriores, teve reflexo imediato tanto para a população como para as obras que […]

Arquivo Publicado em 26/09/2010, às 14h22

None

Os campo-grandenses acordaram hoje pensando que a manhã havia se tornado noite. Nas primeiras horas do domingo de hoje, por volta das 8h, um temporal que cai durante toda a manhã agora na Capital foi o responsável pela escuridão.


A forte chuva, assim como as anteriores, teve reflexo imediato tanto para a população como para as obras que estão ocorrendo na cidade. O Corpo de Bombeiros foi mobilizado pelas pessoas para atender chamados de alagamentos assim como quedas de árvores e técnicos estão em estado de alerta para averiguar a situação das obras em Campo Grande.


 Na região do Shoppingo, uma parte do estacionamento que estava isolada por obras desabou. O prefeito Nelson Trad Filho, que este no local e disse que estava tranqüilo.


“Eu estou tranqüilo quanto a essa região do Shopping, pois ontem terminaram as obras dos dutos que passam sob a Avenida Afonso Pena para da vazão ás águas pluviais”, disse ele. Porém, técnicos que estão no local temem pelo grande volume de águas.


“Se continuar chovendo desse jeito, eu não sei se os dutos vão agüentar a vazão das águas”, disse um técnico.


Nas obras da Avenida Mato Grosso com a Via Park a forte chuva fez com que o asfalto cedesse e uma viatura do 9º Batalhão da Polícia Militar foi “tragada” pelo buraco, ficando com duas rodas presas.


Nos altos da Avenida Afonso Pena, a informação é que há várias árvores e outdoors caídos. Os vidros da agência de auto-atendimento da Caixa Econômica Federal na Via Parque caíram com a força dos ventos e da chuva.


Jornal Midiamax