Brasil

Primeira-dama de cidade do RN morre em acidente de trânsito na BR-226

A professora Késsia Cristina era esposa de Cletson Rivaldo (PSD), prefeito de Equador

Maria Eduarda Fernandes Publicado em 07/01/2022, às 14h55

A mulher foi uma das vítimas da colisão entre dois veículos
A mulher foi uma das vítimas da colisão entre dois veículos - Divulgação

Primeira-dama do município de Equador, município do Rio Grande do Norte, Késsia Cristina morreu aos 34 anos, nesta quinta-feira (6), após um acidente de carro na BR-226, entre os municípios de Serra Caiada e Bom Jesus.

Késsia dirigia o veículo rumo a Natal para buscar a filha. Com ela, estava sua mãe, que teve ferimentos leves; uma amiga, que fraturou a costela, perfurou o pulmão e que está se recuperando após passar por uma cirurgia de emergência.

Késsia foi vítima de uma colisão com uma caminhonete. Ela chegou a ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu. A primeira-dama faleceu no Hospital Walfredo Gurgel para onde foi encaminhada.

Cletson Rivaldo (PSD), prefeito do município de Equador, lamentou a morte de sua esposa, e a prefeitura do município publicou uma nota de pesar nas redes sociais. Nas suas redes sociais particulares, o prefeito escreveu: "Perdi metade de mim hoje. Te amamos, minha galega, e estamos de corações partidos. Késsia, amor de nossas vidas".

A Polícia Rodoviária Federal informou que o condutor da caminhonete estava sozinho e sem consumo de álcool. O homem não sofreu ferimentos e passa bem.

(Com supervisão de Guilherme Cavalcante)

Jornal Midiamax