PR: Mulher mata estuprador da filha a facadas e morre executada a tiros semanas depois

Crime aconteceu semanas após 1ª morte
| 06/02/2022
- 15:34
PR: Mulher mata estuprador da filha a facadas e morre executada a tiros semanas depois
Divulgação

Mulher identificada como Nanes Leal da Silva, de 30 anos, foi assassinada a tiros em Colombo, região metropolitana de Curitiba, semanas após matar homem que havia estuprado a filha dela.

Conforme a Polícia Civil, o corpo da mulher tinha cinco marcas de tiros na cabeça e no tórax. Testemunhas relataram que a vítima estava com um rapaz dentro de um carro momentos antes da execução.

O serviço de emergência foi chamado ao local, mas encontrou Nanes já morta. A polícia investiga o crime e tenta localizar o responsável pelo assassinato.

Ela matou estuprador da filha

Em dezembro do ano passado, Nanes havia sido detida pela polícia após matar um homem de 25 anos a facadas. Ele havia confessado ter estuprado a filha dela, de 2 anos.

A mulher cometeu o crime após ouvir da filha que sentia dores nas partes íntimas. O suspeito vivia com ela há cerca de um mês.

Veja também

As matrículas devem ser feitas entre os dias 13 e 18 de julho

Últimas notícias