Policial penal que matou tesoureiro do PT é transferido de hospital no Paraná

Caso aconteceu no sábado e gerou repercussão em todo o país
| 12/07/2022
- 10:31
policial Guarda
Guarda municipal momentos antes de ser assassinado. Foto: Twitter.

O policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho, que matou a tiros o guarda municipal e tesoureiro do PT de Foz do Iguaçu Marcelo Arruda no último sábado (9), foi transferido de hospital na noite de ontem, no . As informações são do UOL.

Guaranho aguardava por uma vaga de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, e agora está no Hospital Ministro Costa Cavalcante, localizado no mesmo município.

Não há previsão da liberação de um novo boletim médico sobre o estado de saúde de Guaranho, atingido por tiros de Arruda, mas ontem, seu estado de saúde era considerado grave.

Investigação não terá interferência

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, afirmou nesta segunda-feira, 11, que a condução das investigações sobre o assassinato do guarda municipal será feita de forma isenta e que não haverá interferência política.

"O governador determinou que a investigação transcorresse com a maior isenção possível, técnica, para que chegasse à verdade dos fatos. Posso garantir que o resultado será o mais técnico possível", disse em entrevista à GloboNews.

A aliança do governador do Paraná, Ratinho Jr., com o presidente é alvo de desconfiança entre petistas com a Polícia Civil do Estado. Eles dizem que a falta de andamento das investigações do atentado à caravana do ex-presidente Luiz Inácio da Silva no Paraná, em 2018, é uma das razões para desacreditar na imparcialidade.

Na manhã desta segunda-feira, a Secretaria da Segurança Pública do Paraná chegou a afastar a delegada que até então conduzia o caso de Foz do Iguaçu, Iane Cardoso, das investigações. Ela fez diversas publicações contra petistas em suas redes sociais em 2017, em que dizia, por exemplo, que integrantes do partido ou estão mentindo, ou estão "roubando e cuspindo".

Veja também

Ela conquistou o título em março e o perdeu meses depois.

Últimas notícias