Golpe: Criminosos usam site falso de busca de dinheiro 'esquecido'

Golpistas utilizam link e mensagens no WhatsApp para atrair os usuários
| 14/02/2022
- 12:35
Novo golpe que circula no WhatsApp é site falso que promete consulta a dinheiro esquecido em bancos
Novo golpe que circula no WhatsApp é site falso que promete consulta a dinheiro esquecido em bancos - Foto: Divulgação

Golpistas estão usando sites falsos para enganar a população. Circula nas e aplicativos de mensagens, links, que falsamente prometem consultar e até sacar via Pix os valores disponíveis em bancos. O BC () disponibilizou uma ferramenta capaz de resgatar valores ‘esquecidos’ em instituições financeiras, mas como o número de acessos à plataforma foi muito grande o site não suportou e precisou ser tirado do ar pelo BC. O site deve ficar disponível nesta segunda-feira (14).

Os criminosos usam elementos visuais muito parecidos com o do site do BC, como palavras como “Registrato” ou “Consulte agora se você tem algum valor a receber! Saque instantâneo via Pix, mais de 7 milhões de brasileiros já consultaram e sacaram!”, de acordo com os portais nacionais que fazem o alerta. 

Com essas palavras, o usuário acaba atraído, acessa o link e pode ter seu aparelho infectado por vírus, malwares, e seus dados roubados. Os golpistas podem até convencer a vítima a enviar dinheiro.

Acontece que o “registrato” não vai servir mais para acessar o novo site do BC e verificar se há valores a receber. O Banco Central alerta que o único site para consulta e solicitação desses valores é aqui (valoresareceber.bcb.gov.br).

O Banco Central informou em sua plataforma que não envia links nem entra em contato com você para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais, ninguém está autorizado a entrar em contato com você em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber. Portanto, nunca clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram e não faça nenhum tipo de pagamento para ter acesso aos valores.

Dicas de segurança

Nunca compartilhe seu código de segurança, aquele que geralmente é encaminhado por SMS em seu dispositivo, pois essa é a principal forma do golpista acessar seu WhatsApp de outro celular.

Outra forma de se proteger é ativando a verificação em duas etapas, isso porque, mesmo se o criminoso tentar acessar seu aplicativo de mensagens, terá de confirmar o acesso, que somente você poderá permitir ou não. Essa configuração pode ser feita no aplicativo, saiba como clicando aqui.

Veja também

Últimas notícias