Forças Armadas Brasileiras aprovam a compra de mais de 35 mil unidades de Viagra

As compras foram homologadas em 2020 e 2021 e seguem com validade para 2022
| 11/04/2022
- 10:31
Forças Armadas Brasileiras aprovam a compra de mais de 35 mil unidades de Viagra
Foto: Reprodução

As aprovaram mais de 35 mil unidades de ativo Sildenafila, composição Sal Nitrato (Viagra), medicamento popularmente utilizado para disfunção erétil, os dados são do Portal da Transparência e do Painel de Preços do governo federal e o levantamento foi realizado pelo deputado Elias Vaz (PSB-GO).

As compras foram homologadas em 2020 e 2021 e seguem com validade para 2022. Foram 28.320 comprimidos, para a . Outros cinco 5 mil comprimidos foram aprovados para Exército e outros 2 mil, para Aeronáutica.

Em nota ao Portal O Globo, a Marinha informou que o pedido dos medicamentos, “visam o tratamento de pacientes com Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP), uma síndrome clínica e hemodinâmica que resulta no aumento da resistência vascular na pequena circulação, elevando os níveis de pressão na circulação pulmonar”. Conforme a Marinha, essa doença é considerada grave e progressiva podendo levar à morte.

Nas redes sociais o deputado que levantou os dados, declarou que apresentou um requerimento cobrando explicações do Ministério da Defesa, em relação ao alto gasto com o medicamento.

“Fiz um novo levantamento e descobri que as Forças Armadas aprovaram compra de 35 mil unidades de Viagra. No início do mês tivemos um reajuste alto no preço dos remédios, os hospitais sofrem com a falta de medicamentos e Bolsonaro e sua turma usam dinheiro público para comprar o “azulzinho”. Publicou Vaz.

Veja também

Tribunal Regional Eleitoral do Pará também sofreu com as mesmas brincadeiras

Últimas notícias