'Difícil entender a morte', diz Bolsonaro em velório de mãe

O presidente estava visivelmente abalado
| 22/01/2022
- 12:03
Presidente no velório de sua mãe
Presidente no velório de sua mãe - Divulgação

O velório da mãe do presidente Jair Bolsonaro (PL), Olinda Bolsonaro, de 94 anos, aconteceu nessa sexta-feira (21) no interior de São Paulo, e o presidente Jair Bolsonaro fez um breve discurso dizendo que a morte de sua mãe “faz parte do ciclo natural da vida”, mas que “é difícil entender a morte”.

Olinda Bolsonaro faleceu na madrugada de sexta-feira (21) depois de alguns dias internada no Hospital São João, na cidade de Registro (SP) a 50 km de Eldora (SP). O motivo da internação e a causa da morte não foram divulgados.

Bolsonaro estava no Suriname e partia para Guiana quando soube do falecimento de sua mãe. A viagem com objetivo de tratar questões comerciais com o país teve que ser cancelada. O chefe do executivo suspendeu sua agenda para comparecer ao enterro de sua mãe em Eldorado (SP).

O velório

Segundo o portal Uol, o local estava cercado de policiais rodoviários, federais e militares que bloquearam a rua de acesso ao Salão Paroquial de Eldorado, onde Olinda Bolsonaro foi velada.

O presidente que estava visivelmente abatido e emocionado, acompanhou o momento ao lado de sua esposa Michele Bolsonaro. A cerimônia seguiu em caminhada de 1 km do local do velório até o cemitério central da cidade. A família preferiu não falar com a imprensa após a cerimônia.

Veja também

Últimas notícias