Brasil

Vacina de Oxford também é eficaz em idosos, afirma diretor de testes 

Nesta terça-feira (3), o diretor de testes da vacina de Oxford, Andrew Pollard, afirmou que o imunizante também é eficaz em idosos.

Dândara Genelhú Publicado em 03/02/2021, às 13h44

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução. - Foto: Reprodução.

Nesta terça-feira (3), o diretor de testes da vacina de Oxford, Andrew Pollard, afirmou que o imunizante também é eficaz em idosos. Assim, ressaltou apenas que não existem dados formalizados para informar a eficácia exata.

A vacina é desenvolvida pela Universidade de Oxford e a AstraZeneca. Andrew disse que a vacina se mostrou com eficácia parecida aos jovens, em pessoas com mais de 65 anos. “A proteção que vemos é exatamente na mesma direção e de magnitude semelhante”, defendeu.

Entretanto, destacou que ainda não foram feitos estudos específicos para definir a eficácia da vacina em idosos. “A questão é que temos menos dados sobre os adultos mais velhos, razão pela qual as pessoas têm menos certeza sobre o nível de proteção”, disse Andrew à rádio BBC.

O veículo de imprensa questionou o diretor de testes sobre a fala do presidente francês Emmanuel Macron, que considerou o imunizante “quase eficaz”. “Não entendo o que essa declaração significa”, disse Andrew.

Jornal Midiamax