Brasil

Monique Medeiros, mãe do menino Henry, testa positivo para covid-19

Segundo secretaria ela seguirá internada para realizar acompanhamento médicp

Estadão Conteúdo Publicado em 20/04/2021, às 09h07

Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe de Henry, em foto do sistema penitenciário.
Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe de Henry, em foto do sistema penitenciário. - (Foto: Reprodução/Agência O Globo)

Presa temporariamente por suposta participação na morte do filho, Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, testou positivo para covid-19 nessa segunda-feira (19). Com isso, ela ficará internada no hospital penitenciário.

Segundo informações da Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária), Monique solicitou atendimento médico e foi encaminhada ao Hospital Penal Hamilton Agostinho, no complexo de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio. Após fazer exames, Monique foi diagnosticada com a covid-19. Segundo a Seap, por ora, ela seguirá internada para realizar acompanhamento médico.

A mãe de Henry estava cumprindo prisão temporária no Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, no Grande Rio. No primeiro depoimento que prestou à polícia, ela negou saber de agressões ao filho. Ela foi desmentida pela Polícia Civil, que encontrou mensagens em seu celular indicando conhecimento das agressões que seu namorado, o médico e vereador Jairo Souza Santos Junior, o Dr. Jairinho, praticava contra Henry. Ele também foi preso temporariamente, na semana passada. As defesas dos dois negam as acusações.

Jornal Midiamax