Cemitério de São Paulo ‘lota’ com famílias esperando por parentes vítimas da covid-19

Imagens do cemitério municipal Vila Formosa, o maior da América Latina, lotado são um reflexo do agravamento da Pandemia no Brasil. O local está cheio de pessoas que aguardam a liberação dos corpos das pessoas que morreram de Covid-19. “Eles colocam os corpos de vítimas das Covid-19 em uma sala, e eles vão liberando conforme […]
| 21/03/2021
- 20:54
Cemitério de São Paulo ‘lota’ com famílias esperando por parentes vítimas da covid-19
Cemitério Vila Formosa tem aglomeração neste domingo, 21 de março. (Foto: Arquivo pessoal) - Cemitério Vila Formosa tem aglomeração neste domingo, 21 de março. (Foto: Arquivo pessoal)

Imagens do cemitério municipal Vila Formosa, o maior da América Latina, lotado são um reflexo do agravamento da no Brasil. O local está cheio de pessoas que aguardam a liberação dos corpos das pessoas que morreram de .

“Eles colocam os corpos de vítimas das Covid-19 em uma sala, e eles vão liberando conforme vão chegando os carros para levar para os sepultamentos. Com isso, forma-se uma aglomeração, as famílias ficam todas paradas ali, esperando a liberação do caixão”, disse Debora Nogueira ao portal G1. Ela esteve no local neste domingo (21).

O Serviço Funerário, da Prefeitura de São Paulo, informou que “as equipes de fiscalização atuam nos cemitérios municipais instruindo as famílias quanto às medidas de segurança nesse período de pandemia”.

Veja também

A súmula 450 do TST previa o pagamento em dobro também do terço constitucional

Últimas notícias