Brasil

Bolsonaro diz que vacina é do Brasil e não de nenhum governador

O presidente Jair Bolsonaro comentou pela primeira vez sobre a liberação da vacina contra coronavírus pela Anvisa. As afirmações foram para lembrar que a vacina é do Brasil e de nenhum outro estado e com a cara fechada comentou que após aprovação, não tem mais o que discutir. No twitter, o presidente está sendo muito […]

Carolina Rocha Publicado em 18/01/2021, às 14h04

Plenário do Tribunal Superior foi unânime em rejeitar denúncia por falta de provas contra o presidente. (Divulgação)
Plenário do Tribunal Superior foi unânime em rejeitar denúncia por falta de provas contra o presidente. (Divulgação) - Plenário do Tribunal Superior foi unânime em rejeitar denúncia por falta de provas contra o presidente. (Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro comentou pela primeira vez sobre a liberação da vacina contra coronavírus pela Anvisa. As afirmações foram para lembrar que a vacina é do Brasil e de nenhum outro estado e com a cara fechada comentou que após aprovação, não tem mais o que discutir.

No twitter, o presidente está sendo muito criticado pela sua fala equivocada: “Apesar da vacina… Apesar não, né. A Anvisa aprovou, não tem o que discutir mais. Havendo disponibilidade no mercado, a gente vai comprar e vai atrás de contratos que fizemos também que era para ter chegado aqui. Então, está liberada a aplicação no Brasil”. Afirmou Bolsonaro, em um sério sem nenhuma comemoração.

Também fez questão de lembrar que a vacina é do Brasil. “A vacina não é de nenhum governador, não. É do Brasil”.

O presidente defende que o uso da vacina é para quem não pegou ainda. E ainda defendeu o tratamento precoce, com medicamentos  que não tem comprovação científica no combate ao coronavírus .Bo

Jornal Midiamax