Brasil

Toffoli decreta 3 dias de luto no STF, em homenagem aos 100 mil mortos por coronavírus

Em homenagem aos mais de 100 mil mortos pela Covid-19, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, decretou luto oficial de três dias na Corte.

Dândara Genelhú Publicado em 08/08/2020, às 15h43 - Atualizado às 15h44

Sede do STF. (Foto: Arquivo)
Sede do STF. (Foto: Arquivo) - Sede do STF. (Foto: Arquivo)

Neste sábado (08), o Brasil registrou 100.240 óbitos causados pelo coronavírus, segundo levantamento do Consórcio da Imprensa. Em homenagem aos mais de 100 mil mortos pela Covid-19, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, decretou luto oficial de três dias na Corte.

“Jamais vivemos uma tragédia dessa dimensão em nosso país. São 100 mil pessoas que tinham um nome, uma profissão, projetos e sonhos. 100 mil vidas que certamente deixaram sua marca no mundo e na vida de outras pessoas”, escreveu em nota oficial.

Com o decreto de luto oficial, o STF não vai realizar “celebrações, comemorações ou festividades”. Além disto, a Bandeira Nacional será hasteada em funeral, a meio-mastro.

Por fim, o ministro comentou que espera que o sentimento de ajudar o próximo continue. “Que a esperança, o espírito de Fé e a Ciência sejam nossos guias para que possamos encontrar meios de superação”, finalizou.

Jornal Midiamax