Brasil

Governo pretende comprar 70 milhões de doses de vacina da Pfizer

O Ministério da Saúde informou que ainda nesta semana deverá assinar um memorando de intenção de compra de 70 milhões de doses da vacina produzida pela Pfizer e pela Biontech contra a Covid-19. A informação foi repassada pela própria pasta através de uma nota divulgada nesta segunda-feira (7), segundo publicado no portal G1. Segundo a […]

Gabriel Neves Publicado em 08/12/2020, às 07h38

Vinca produzida pela farmacêutica Pfizer. (Foto: Reprodução/REUTERS/Dado Ruvic)
Vinca produzida pela farmacêutica Pfizer. (Foto: Reprodução/REUTERS/Dado Ruvic) - Vinca produzida pela farmacêutica Pfizer. (Foto: Reprodução/REUTERS/Dado Ruvic)

O Ministério da Saúde informou que ainda nesta semana deverá assinar um memorando de intenção de compra de 70 milhões de doses da vacina produzida pela Pfizer e pela Biontech contra a Covid-19.

A informação foi repassada pela própria pasta através de uma nota divulgada nesta segunda-feira (7), segundo publicado no portal G1.

Segundo a nota, as negociações “avançam” e a vacina deve ser fornecida em 2021. Apesar disso, a data não foi especificada.

“O governo brasileiro e a Pfizer avançam nas tratativas na intenção de compra de 70 milhões de doses da vacina da Pfizer e Biontech contra a Covid-19, a ser fornecida em 2021. Os termos já estão bem avançados e devem ser finalizados ainda no início desta semana com a assinatura do memorando de intenção”, informou o ministério.

Jornal Midiamax