Brasil

Família abre caixão de mulher morta por Covid-19 após ouvir barulho

Um velório de uma idosa, morta pelo coronavírus, foi interrompido após seus familiares abrirem o caixão que carregava o corpo, por acreditarem que a mulher ainda estava viva. O caso aconteceu nesta segunda-feira (31), em Campinas (SP). Conforme publicado no portal IG, agentes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados por uma […]

Gabriel Neves Publicado em 31/08/2020, às 16h51

Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/portal IG)
Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/portal IG) - Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/portal IG)

Um velório de uma idosa, morta pelo coronavírus, foi interrompido após seus familiares abrirem o caixão que carregava o corpo, por acreditarem que a mulher ainda estava viva. O caso aconteceu nesta segunda-feira (31), em Campinas (SP).

Conforme publicado no portal IG, agentes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados por uma família para atender uma ocorrência em um cemitério.

Os familiares alegaram que uma mulher estaria sendo velada viva após ter sido dada como morta em decorrência da Covid-19. A família alegava que a idosa estaria se debatendo no caixão.

Os socorristas foram até o local, mas foram informados pelos familiares que tudo não passava de um mal-entendido, pois eles teriam confirmado a morte após abrir o caixão.

Mesmo com a declaração dos familiares os agentes do SAMU resolveram averiguar a situação e se certificaram do óbito. O médico explicou, ao portal IG, que o barulho poderia ter sido causado por gases concentrados no saco que foi usado para colocar o corpo dentro do caixão.

Jornal Midiamax