Brasil

12 cidades do litoral de São Paulo mantêm a fase amarela e têm praias lotadas

Prefeituras de 12 cidades do litoral de São Paulo decidiram não cumprir a determinação do governo estadual que colocou temporariamente todos os municípios do Estado na fase vermelha do Plano São Paulo para conter o avanço da Covid-19. Informações da CNN Brasil apontam que este fim de semana começou com grande movimentação turística e praias […]

Renata Fontoura Publicado em 27/12/2020, às 09h51

As cidades dizem ter reforçado a fiscalização dos protocolos - Foto: Estadão Conteúdo
As cidades dizem ter reforçado a fiscalização dos protocolos - Foto: Estadão Conteúdo - As cidades dizem ter reforçado a fiscalização dos protocolos - Foto: Estadão Conteúdo

Prefeituras de 12 cidades do litoral de São Paulo decidiram não cumprir a determinação do governo estadual que colocou temporariamente todos os municípios do Estado na fase vermelha do Plano São Paulo para conter o avanço da Covid-19.

Informações da CNN Brasil apontam que este fim de semana começou com grande movimentação turística e praias cheias. Apesar da lotação, as cidades garantem reforço da fiscalização dos protocolos.

As cidades que vão manter a fase amarela da Baixada Santista são: Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente.

Assim como o litoral norte com Caraguatatuba, Ubatuba e São Sebastião. Além dessas, Mogi das Cruzes e Cotia, na Grande São Paulo, e Bauru, no interior, também decidiram não restringir as medidas.

A orientação do governo era que a fase vermelha vigorasse entre 25 e 27 de dezembro e entre 1.º e 3 de janeiro. A gestão João Doria (PSDB) disse na oportunidade que esperava respeito da orientação pelos municípios e dialogaria e notificaria as cidades que não seguissem as determinações.

Jornal Midiamax