Mourão elogia PEC do novo pacto federativo defendida por Guedes

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, considera importante a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para mudar o chamado pacto federativo, acabando com as despesas obrigatórias e as vinculações orçamentárias. A ideia foi defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em entrevista ao Estadão/Broadcast. Para Mourão, a proposta ajudaria a resgatar um poder do Legis...
| 11/03/2019
- 21:20
Mourão elogia PEC do novo pacto federativo defendida por Guedes

O vice-presidente da República, Hamilton , considera importante a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para mudar o chamado pacto federativo, acabando com as despesas obrigatórias e as vinculações orçamentárias. A ideia foi defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em entrevista ao Estadão/Broadcast.

Para Mourão, a proposta ajudaria a resgatar um poder do Legislativo. “Julgo que é muito bom porque o Congresso recupera um poder que hoje ele não tem, que é realmente montar o Orçamento. E o Executivo fica com a grande função de executar o Orçamento”, disse o vice. Ele também negou que o envio da PEC da desvinculação ao Senado possa atrapalhar a aprovação da reforma da Previdência.

Pronto há mais de seis meses, o projeto da desvinculação chegou a ser anunciado como Plano B de Paulo Guedes caso a reforma da Previdência não fosse aprovada, mas acabou ganhando vida própria, diante do rombo registrado nas finanças de prefeitos e governadores em todo o País. “Os políticos têm de assumir as suas responsabilidades, as suas atribuições e os seus recursos”, disse Guedes.

Veja também

Os recursos são relativos ao saldo positivo da conta de comercialização de Itaipu.

Últimas notícias