Brasil

Bombeiros e policiais militares do RN entram em greve nesta segunda

Policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte entraram em greve por tempo indeterminado na manhã desta segunda-feira (17). Militares que aderiram ao movimento se concentram desde o início da manhã em frente à sede da Governadoria do RN. A decisão pela greve, anunciada na última semana, ocorre após meses de negociações salariais que […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 17/06/2019, às 09h52

(Foto: Divulgação | ACSPMRN)
(Foto: Divulgação | ACSPMRN) - (Foto: Divulgação | ACSPMRN)

Policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte entraram em greve por tempo indeterminado na manhã desta segunda-feira (17). Militares que aderiram ao movimento se concentram desde o início da manhã em frente à sede da Governadoria do RN.

A decisão pela greve, anunciada na última semana, ocorre após meses de negociações salariais que não caminharam, na tentativa de compensar déficit salarial de 60,48%, segundo a ASSPMBMRN (Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN).

Segundo a associação, as principais reivindicações das categorias são a atualização salarial e o pagamento das folhas em atraso. A expectativa é pela adesão de pelo menos 70% da categoria.

O presidente da ASSPMBMRN, Eliabe Marques, explica que a categoria não recebe nem mesmo a reposição das perdas com a inflação há cinco anos. Segundo o subtenente, serão mantidos efetivos suficientes nas unidades policiais para garantir a segurança da população.

Jornal Midiamax