Brasil

Traficantes usam bebês como ‘escudo’ durante operação da PM

Durante uma operação do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Guarujá dois traficantes usaram bebês como ‘escudo’ para evitar a abordagem policial. A operação ocorreu em 26 de setembro, no Guarujá, litoral de São Paulo, após a morte por fuzilamento de um cabo da Polícia Militar, entretanto as imagens e relatos da operação foram […]

Tábata Rauschkolb Publicado em 09/10/2018, às 09h02

Homens segurando os bebês para evitar a abordagem policial (Foto:Reprodução/Arquivo Pessoal/Tv Tribuna)
Homens segurando os bebês para evitar a abordagem policial (Foto:Reprodução/Arquivo Pessoal/Tv Tribuna) - Homens segurando os bebês para evitar a abordagem policial (Foto:Reprodução/Arquivo Pessoal/Tv Tribuna)

Durante uma operação do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Guarujá dois traficantes usaram bebês como ‘escudo’ para evitar a abordagem policial.

A operação ocorreu em 26 de setembro, no Guarujá, litoral de São Paulo, após a morte por fuzilamento de um cabo da Polícia Militar, entretanto as imagens e relatos da operação foram obtidas pelo portal G1 nesta terça-feira (09).

De acordo com o portal, os policiais patrulhavam a área quando uma mulher seguia com os dois filhos pequenos pelas ruas do bairro.

Momentos depois ela foi abordada por dois rapazes, que pegaram as crianças e as seguraram no colo até o fim da operação. Segundo testemunhas, os rapazes falavam para os policiais não agirem por conta dos bebês.

A PM informou ao G1 que o caso e as imagens serão analisados pelo departamento de inteligência.

Jornal Midiamax