Brasil

Termina nessa sexta-feira (13) prazo para marcar perícia no INSS

Caso não seja marcada a perícia o benefício será suspenso até regularização

Tábata Rauschkolb Publicado em 13/04/2018, às 16h01

None

Caso não seja marcada a perícia o benefício será suspenso até regularização

Cerca de 94 mil beneficiários de auxílio-doença e de aposentadoria por invalidez do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) têm até essa sexta-feira (13) para agendar perícia da revisão de benefícios.

Caso a perícia não seja marcada até essa sexta-feira (13), o pagamento será suspenso até a regularização. A partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar o INSS nesse prazo, o pagamento será cancelado.

Segundo informações da Agência Brasil,  a lista inicial com o nome dos convocados foi publicada no Diário Oficial da União (seção 3, páginas de 121 a 367) em 23 de março.  Os convocados por edital não foram encontrados por alguma inconsistência no endereço ou não realizaram o agendamento no prazo determinado. Essa nova convocação apara aqueles que não responderam à primeira foi publicada no Diário Oficial da União (seção 3, páginas 109 a 506), de quinta-feira (12).

A perícia deve ser marcada por meio do telefone 135.

Pente-fino

As perícias fazem parte do “pente-fino” do governo federal iniciado em agosto de 2016. Ao todo serão periciados mais de 1,5 milhão de benefícios por incapacidade, 552.998 benefícios de auxílio-doença e 1.004.886 de aposentadoria por invalidez. Do total, 36.970 auxílios-doença e 43.009 aposentadorias por invalidez foram cancelados até 10 de abril.

Jornal Midiamax