PRF monitora possível desmobilização da greve dos caminhoneiros

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou na noite desta quinta-feira (24) que iniciou o monitoramento de desmobilização da greve dos caminhoneiros nas rodovias federais. Ainda segundo a PRF, o monitoramento inicia com a confirmação e publicidade de acordo entre Governo Federal e representantes de categorias na suspensão da paralisação. Ainda segundo a PRF, o será […]
| 25/05/2018
- 01:46
PRF monitora possível desmobilização da greve dos caminhoneiros

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou na noite desta quinta-feira (24) que iniciou o monitoramento de desmobilização da nas rodovias federais. Ainda segundo a PRF, o monitoramento inicia com a confirmação e publicidade de acordo entre Governo Federal e representantes de categorias na suspensão da paralisação.

Ainda segundo a PRF, o será feita com o objetivo de garantir a segurança de todos os usuários. Leia a nota:

Com a confirmação e publicidade de acordo entre Governo Federal e representantes de categorias de transportadores de cargas suspendendo a paralisação, a Polícia Rodoviária Federal – PRF inicia etapa de monitoramento da desmobilização nas rodovias federais.

As ações de acompanhamento serão desenvolvidas com o objetivo de garantir a segurança de todos os usuários, com apoio no controle viário para o retorno dos veículos pesados ao tráfego rodoviário, além de prevenir crimes de qualquer espécie, tal como constrangimento ilegal, danos materiais e agressões físicas.

Obstrução de vias – salientamos que bloqueio, interrupção ou perturbação deliberada do fluxo nas rodovias, mesmo que parcial, utilizando-se de veículo parado sobre a via, é infração gravíssima, passível de autuação e apreensão do veículo pela PRF, conforme o artigo 253-A do Código de Trânsito Brasileiro.

Veja também

O lucro líquido da Cemig caiu 97,44% no segundo trimestre deste ano, na comparação com...

Últimas notícias