Brasil

Homem é suspeito de matar namorada da filha após pedido de casamento

A jovem teria soltado fogos de artifício para comemorar

Diego Alves Publicado em 09/01/2018, às 01h38

None

A jovem teria soltado fogos de artifício para comemorar

Tratada inicialmente como latrocínio, a verdadeira motivação para a morte de uma jovem de 23 anos ocorrida na madrugada de sábado (6) surpreendeu os investigadores da 26ª Delegacia de Polícia em Samambaia no Distrito Federal. Assassinada a facadas, Anne Mickaelly (foto em destaque) teria sido atacada pelo pai da namorada. O suspeito teria se enfurecido ao saber que a filha havia sido pedida em casamento.Homem é suspeito de matar namorada da filha após pedido de casamento

Momentos antes do crime, Anne foi até a casa da namorada para oficializar o relacionamento. No local, antes de fazer o pedido, a jovem teria soltado fogos de artifício para comemorar.

O suspeito, de 46 anos, ficou irritado ao saber do relacionamento, pegou uma faca e correu atrás de Anne, na Quadra 519. Ao ser alcançada, ela foi esfaqueada na cabeça e no rosto. A jovem morreu no local, e o homem fugiu. Ele permanece foragido, até a última atualização deste texto.

De acordo com os investigadores que trabalham no caso, testemunhas já foram ouvidas. Todas afirmaram ter presenciado o momento no qual a menina foi atacada pelo pai da namorada.
Anne Mickaelly era natural de Presidente Dutra (MA). Ela estava em Brasília a passeio e, segundo o delegado, não tem parentes na capital. Amigos foram ouvidos e confirmaram o relacionamento entre a vítima e a filha do acusado.

Jornal Midiamax