Brasil

Homem ataca 11 pessoas com facão e é morto a tiros pela PM

Edinei Ribeiro de Souza, de 49 anos, foi morto a tiros pela Polícia Militar após esfaquear 11 pessoas com um facão, nesta quinta-feira (01), na Zona Leste de Porto Velho (RO). Segundo testemunhas, o homem estava dirigindo um carro pela região e, quando se aproximava das vítimas, descia e golpeava os pedestres. Entre as vítimas […]

Fernanda Müller Publicado em 02/11/2018, às 13h01

Uma das vítima foi atecada dentro de casa. (Foto: Daniele Lira/G1)
Uma das vítima foi atecada dentro de casa. (Foto: Daniele Lira/G1) - Uma das vítima foi atecada dentro de casa. (Foto: Daniele Lira/G1)

Edinei Ribeiro de Souza, de 49 anos, foi morto a tiros pela Polícia Militar após esfaquear 11 pessoas com um facão, nesta quinta-feira (01), na Zona Leste de Porto Velho (RO).

Segundo testemunhas, o homem estava dirigindo um carro pela região e, quando se aproximava das vítimas, descia e golpeava os pedestres.

Entre as vítimas estão uma criança de 8 anos e a mãe dela, de 28 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu logo após ser socorrida. Segundo testemunhas a mãe abraçou a criança para protege-la. O outro filho da mulher e o esposo dela também foram atacados.

As 11 vítimas do esfaqueamento foram socorridas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Zona Leste de Porto Velho. A direção da UPA confirma que a mulher que veio a óbito foi esfaqueada na cabeça, no peito e teve o rosto desfigurado pelos golpes.

A UPA interrompeu o atendimento temporariamente na unidade para os demais moradores da cidade.

Seis pessoas estão em estado grave, quatro foram atendidas na Policlínica Dr. José Adelino e duas já foram liberadas.

De acordo testemunhas, o homem atacou as vítimas aleatoriamente e sem nenhum motivo aparente. Os ataques ocorreram nos bairros Renascer, Porto Cristo, Ayrton Senna, Mariana, Três Marias e Cascalheira.

No bairro Renascer, uma das vítimas correu para dentro de casa em busca de socorro.

Segundo a PM, depois de esfaquear as vítimas o homem tentou atacar a polícia, que reagiu com tiros. O suspeito foi baleado e levado ao Hospital João Paulo II, mas morreu.

Vítimas

Segundo a UPA da Zona Leste, as vítimas identificadas até agora são:

  • Dorival de Souza, 57 anos
  • Marta Rodrigues Pereira, 28 anos (óbito)
  • Márcio Dias de Souza, 37 anos (esposo de Marta)
  • Debia Batista Sena, 27 anos
  • Gerson Rocha de Carvalho, 50 anos
  • Deuzimar Gouveia de Matos, 39 anos
  • Jhon Lima , 22 anos (filho de Mirtes)
  • Mirtes Maria de Oliveira (mãe de Jhon)
  • Francisco Tavares de Lima
  • Renato Fernandes Neto, 52 anos
  • Uma criança de 8 anos ( a identidade dela não foi divulgada)                                                                                                                                                                                                               (Com informações do site G1)
Jornal Midiamax