Greve dos petroleiros está em segundo plano para o Governo Federal

Anunciada para quarta-feira (30), manifestação é vista como movimento político
| 28/05/2018
- 12:38
Greve dos petroleiros está em segundo plano para o Governo Federal

A FUP (Federação Única dos Petroleiros) anunciou que irá deflagrar greve a partir da meia-noite dessa quarta-feira (30), no comunicado a entidade afirma que a princípio será uma paralização de 72 horas.

Entre as reivindicações estão a saída de Pedro Parente da presidência da Petrobras, a mudança da atual política de reajustes (adotada em outubro de 2016), que tem como base o valor internacional do petróleo e repassa para o mercado interno as oscilações e a não privatização da estatal.

Segundo informações da Agência Estado, o Governo Federal não irá tratar da greve dos petroleiros nesse momento e vai deixar que, a princípio, a Petrobras negocie com a categoria. O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou que a reivindicação “é outra situação”.

Ainda de acordo com a Agência Estado, o Governo Federal entende que é uma manifestação política, comandada pela oposição ao Planalto.

Veja também

O presidente do Banco Central (BC) do Brasil, Roberto Campos Neto, disse hoje (11) que...

Últimas notícias